Entre, fique à vontade!

Pode entrar, não fique tímida (o), fique à vontade porque este é nosso Ponto de Encontro para falar de Comidinhas de Bebê!

Papinha doce: Manga-Banana

Essa papainha é algo sensacional, a junção da manga com banana é simplesmente divino.
Parece que Deus colocou mel nas plantas. 

VOCÊ VAI PRECISAR DE:
1 manga e 1 banana:
  
Na minha família convencionou-se retirar o meio da banana para descartar os caroços, dizem que gera cólicas no bebê. Nenhuma pesquisa ainda mostrou este resultado, mas por via das dúvidas, nunca dei ao meu bebê, rssss.



Amasse a banana com ajuda de um garfo, não use liquidificador!

A manga precisa ser peneirada para extrair os fiapos:



Junte os dois: 






E o grande resultado:


Curta nossa página no facebook: www.facebook.com/criancassaudaveis


 

Papinha doce: Creme de abóbora com goiaba



Uma deliciosa papinha doce pode ser feita com apenas dois ingredientes:
Abóbora e goiaba.

VOCE VAI PRECISAR DE:

1 pequeno pedaço de abóbora e 1 goiaba:

 


COMO FAZER 

Todos juntos a serem cozidos no vapor.
A Goiaba perfumará todo o ambiente, após cozida! Hummmm


Agora vamos amassar a abóbora e peneirar a goiaba:








Super prontinho, sirva com amor e boa sorte!
 

Curta nossa página no facebook: www.facebook.com/criancassaudaveis





BLW e seus benefícios - por Raquel Monteiro

O depoimento abaixo, fornecido pela super mãe Raquel Monteiro, esclarece com riqueza de detalhes sua experiência diária com o método BLW e seus benefícios. Vamos conhecer?
 
"Olá, mamães e papais!!!

Hoje vim aqui invadir o Blog da nossa amiga Mi para contar um pouco sobre a minha escolha na Introdução Alimentar do meu filhote. Escolhi um outro método... Bem diferente do tradicional.

Após 6 meses de LM em LD, depois de esperar pelo tempo do Davi de sentar sem apoio, iniciei a introdução alimentar por BLW (Baby Led Weaning) = Desmame Guiado pelo Bebê.
Raquel e Davi

Optei por não oferecer papinhas, sopinhas, suquinhos... Iniciei com alimentos sólidos. Cozidos preferencialmente a vapor. Sem nenhum industrializado. Alimentos cortados em palitos... Servidos como um “self service”.

Posso dizer que o nome BLW deveria vir acompanhado da palavra “paciência”. Mas, já digo de passagem que é a mais prazerosa paciência. O bebê primeiro conhece a comida pelo olhar (eu mostro cada vegetal que vou utilizar e falo o nome deles), depois de oferecido as opções na bandeja dele, ele pega, toca, esfrega no rosto, cheira, faz cara feia, joga na mesa, joga no chão e depois... Bingo! Ele come!!! Tudo no tempo dele!!! O leite materno continua sendo a principal opção e o almoço e janta, ainda são alimentos complementares até, tornar o principal, pelo desmame, quando o bebê quiser. Por isso não existe o mito da criança ficar sem nutrientes. A vantagem? Respeitar o tempo da criança na introdução alimentar e dar a ela toda independência na hora de comer, ao nosso lado a mesa. E os resultados são motivadores. Comer com colher sozinho mais rápido, continuar com alimentação saudável em toda a infância, não ter problemas em experimentar alimentos novos, naturalmente rejeitar os industrializados... Como não amar o método?

Mas alguns deve se perguntar se o bebê tão novinho não engasga. Engasga beeeem menos do que com papinha. Pois o bebê que está controlando o que está colocando na boca ao contrário da papinha que ele, além de não saber o que está comendo, é colocado na boca sem o menor controle dele. Experiência própria: Davi ainda não engasgou nenhuma vez. Provavelmente vai engasgar porque crianças engasgam mas, o método é sempre com um responsável ao lado.

Enfim, bebê comendo feliz, protegido e bem mais saudável no futuro.

Para quem quiser tirar mais dúvidas e se interessar pelo método estarei a disposição.

Beijinhos
Raquel Monteiro"
 
Davi saboreando o macarrão com molho caseiro feito com beterraba e cenoura.

 

Salada Fresquinha

Olá garotas mamães e garotos papais, como vão? Tem vovó lendo aí?
Então vamos lá, hoje o prato é bem fresquinho, uma ótima pedida para este verão calorento, vamos começar pelos INGREDIENTES:

Você vai precisar de:
  • Massa com formato divertido (Esta é da galinha pintadinha, cujo tema é animais da fazenda, perceba o cavalinho, o coelhinho, a vaquinha e o patinho, agora imagine como será a farra em ver esses bichinhos no prato, diversão garantida!)

  • Feijão branco
  • Tomate
  • Coentro
  • Cebola
  • Pimentão
  • Pepino
  • Azeite de oliva
  • Açafrão
Agora podemos seguir para o MODO DE FAZER:

Para fazer o feijão branco acesse nosso link http://comidinhasdebebe.blogspot.com.br/2013/05/o-pediatra-ja-autorizou-feijao-para-seu.html que trata de forma especial o cozimento dos grãos. Após cozido, reserve, sem caldo.



Cozinhe a massa da galinha pintadinha (Tema fazendinha) e reserve:




Corte o tomate, cebola, pimentão, coentro e o pepino desta forma:



  Misturando tudinho... e agora subiu um cheiro bem gostoso, você está servido (a)?
Tempere com açafrão e azeite de oliva. Não sou de usar sal para o tempero, já que o feijão branco levou uma pitadinha, mas fica a seu critério.





 Tem um sorrisão aqui esperando esta deliciosa saladinha e você? Gostou? Não deixe de me visitar sempre que puder e deixar um comentário bem legal que terei o imenso prazer de responder-lhe.

Então fica acertado assim: Esse é nosso ponto de encontro para trocar figurinhas sobre alimentação saudável. Dá um beijo bem apertado no pezinho do seu baby e até nossa próxima receitinha.

Cupcake de legumes

O cupcake de legumes é algo sensacional para toda a família, para receber as amigas numa tarde de chá e muito saudável para o lanche da escola dos pequenos. Em relação aos bebês, este cupcake agrada aos que seguem o método tradicional (por serem pequenos cubinhos) e os que seguem o BLW, todos ficarão satisfeitos.

Para fazer a massa: Dentro do copo do liquidificador adicione: 3 ovos, 1 colher de tapioca, 1 colher de queijo ralado, 1 pitada de fermento em pó (não precisa colocar, se quiser), 1 xícara de leite, 1 fio de óleo vegetal (girassol, oliva, etc...). 
 
E... Zruuummmm ... todos os ingredientes dançando ao som e embalo do liquificador... Êta zuada danada!
  Reserve a massa que logo logo ela será usada.

Para fazer o recheio: Corte em cubinhos os legumes da preferência do seu bebê e adicione a massa por cima, assim:

 
Todo mundo tomando banho! Esta forma é para cupcakes.
 

 
  Agora é só levar ao forno. Se usar fermento vai subir, mas se não usar, ficará saboroso mesmo assim! Nhami nhami!

 



Essa luva de cozinha é fofa mesmo, eu sei.. é muita lindinha. 







Não sobrou um para contar a história, esse de ervilha vai ser disputado!




Curta a página no facebook: www.facebook.com/criancassaudaveis 


Dica de lanche para escola/creche 41 - rap10, morangos e suco de uva orgânico

Deixar uma frase de amor no lanche do seu pequeno faz ele lembrar de você na escola, é uma forma de ficarem próximos, mesmo distantes. Um mimo, um carinho é sempre bom...


Dica de lanche para escola/creche 40 - Banana, suco de mamão com maracujá e pão de passas

Deixar um recadinho no lanchinho da escola é uma forma de estarmos sempre com eles, mesmo de longe. Use sua criatividade com lindas frases, ele se sentirá muito amado!

Aniversário saudável na escola

Você já falou de amor através de imagens? Não? Então você está convidado a falar de amor comigo neste momento. Percebe-se nos registros da festinha abaixo um imenso amor e dedicação de uma super mãe preocupada com a alimentação dos seus filhos e dos amiguinhos convidados, quando montou uma linda festa de aniversário totalmente saudável e infinitamente consciente.
Uma mistura de riqueza de detalhes, encanto, de cores, sobretudo de saúde.
Assim fez Cintia Araújo, mãe da Valentina (4) e Heitor (2), uma mulher ativa que adora participar de Rally e em matéria de alimentação saudável dá show e que, neste momento, compartilha conosco um pedacinho das festas da Valentina, dos seus 3 e 4 anos.




































Parabéns, do tamanho do infinito, por esta festa criativa, saudável, colorida e nutritiva, sobretudo pelo respeito às outras mães que só tem a agradecer (e se inspirar para propagar um movimento saudável).
Algumas mãe, em alguns casos, tem filhos portadores de alergia/intolerâncias a determinados produtos e que veem nestas festas uma oportunidade de despreocupação.
Fica a dica e uma pergunta como dever de casa: Será que não é cedo demais para dar açúcar e frituras às nossas crianças? Vamos refletir juntos, olhando novamente cada foto desta festa.
Sabe-se que é muito prático encomendar as frituras de sempre, somente para preencher aquela data, mas pensemos: para o aniversariante e sobretudo, aos pequenos amiguinhos convidados este é o melhor presente de aniversário!
A Valentina e Heitor são grandes sortudos em ter uma mãe tão dedicada e cuidadosa e só nos resta uma pequena pergunta: será que esta mamãe é um anjo?